Paulistão

22/02/2015

Ituano 1×1 Corinthians

Tarde de muito calor em Itu, praticamente um sol pra cada um. O Corinthians com o time reserva, reforçado com Cássio e Guerrero, fez péssimo primeiro tempo, com apenas uma jogada de gol desperdiçada por Guerrero. Antes disso, após cair de mal jeito, Bruno Henrique luxou o cotovelo esquerdo, a imagem da TV assusta, mas graças a São Jorge, não foi nada mais grave e em até 30 dias o bravo volante deverá voltar ao time. Em seu lugar, entrou Danilo.

No segundo tempo, o time voltou mais ligado e aos 14 minutos, após pênalti bem marcado e muito bem batido por Cristian, o Timão abriu o placar. Apesar do fraco futebol apresentado, o resultado era justo, já que na maior parte do jogo, o Corinthians manteve o controle da bola.

Sete minutos após o gol alvinegro, a equipe do interior chegou ao empate, em lance que se iniciou em falta clara em Petros, não marcada pela arbitragem, após cruzamento, Cássio não saiu para interceptar a bola e o atacante cabeceou livre.

Com o empate no placar, a arbitro que já segurava demais o jogo, passou a segurar ainda mais o jogo,marcando faltas desnecessárias e não marcando faltas até violentas, como por exemplo em Guerrero, que apanhou o jogo todo. A partida seguiu se arrastando sem grandes lances para nenhum dos lados, no final, o empate até que foi justo.

Meus Conceitos:

Cássio: Devia ter saído pra antecipar o atacante no lance do gol.

Edilson: Não é ruim, chega ao ataque com certa qualidade e marca bem.

Edu Dracena: Falhou no lance do gol. Estava mal posicionado.

Yago: Assim como Dracena, poderia estar melhor posicionado.

Uendel: Precisa melhorar, ao que tudo indica, será o titular por pelo menos 45 dias, já que Fábio Santos irá se submeter a uma artroscopia.

Cristian: Foi bem, correu bastante.

Malcom: Não criou… não correu… não marcou… não jogou.

Luciano: Sinceramente, não sei o que ainda faz no Corinthians.

Bruno Henrique: Jogou apenas 11 minutos. Melhoras aê!

Danilo: Assim como os demais, não foi bem.

Petros: Reclamou muito da arbitragem, que realmente não foi boa, mas faltou jogar.

Mendoza: Correu e marcou muito, mas foi pouco efetivo onde deveria, no ataque.

Guerrero: Apanhou muito. E só.

Vágner Love: Jogou pouco.

Tite: Escolheu escalar apenas 2 titulares, não foi o suficiente para manter os 100% de aproveitamento.

Ficha técnica: Ituano 1 x 1 Corinthians

Itu (SP)

Local: estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data: 22 de fevereiro de 2015, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Márcio Henrique de Góis
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo e Luiz Alberto Andrini Nogueira
Cartões amarelos: Dick, Naylhor, Jackson Caucaia, Jheimy e Peri (Ituano); Mendoza, Uendel e Guerrero (Corinthians)
Público: 11.271 espectadores
Renda: R$ 547.230,00
Gols:
Ituano: Jheimy, aos 21 minutos do segundo tempo
Corinthians: Cristian, aos 14 minutos do segundo tempo

ITUANO: Fábio; Dick, Leonardo, Naylhor e Peri; Josa, Jackson Caucaia (Jonatan Lima), Clayson e Cristian (Djavan); Misael e Ricardinho (Jheimy)
Técnico: Tarcísio Pugliese

CORINTHIANS: Cássio; Edílson, Yago, Edu Dracena e Uendel; Cristian; Malcom (Luciano), Bruno Henrique (Danilo), Petros e Mendoza; Guerrero (Vagner Love)
Técnico: Tite

 



Sobre o Autor

Pablo
Coordenador de Suporte, Governador da República Popular do Corinthians e Louco pelo Timão!




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.